beleza   / Rejuvenescimento facial

Especialista em estética comenta a intradermoterapia injetável para o tratamento de rugas

Sem muitas dores e baixos efeitos colaterais, procedimento é rápido e seus resultados já aparecem na primeira aplicação

Viva Saúde Publicado quinta 9 setembro, 2021

Sem muitas dores e baixos efeitos colaterais, procedimento é rápido e seus resultados já aparecem na primeira aplicação
Procedimento é realizado por meio de agulha fina na pele - Freepik/Nensuria

Os procedimentos de rejuvenescimento facial são realizados para prevenir ou para tratar o envelhecimento da pele do rosto. Isso ocorre porque, com o passar dos anos, a face perde elasticidade e experimenta queda de tecidos, músculos e gorduras, o que pode causar linhas de expressão e rugas. 

De acordo Daniela Lopez, especialista em Estética e Cosmetologia, existem diversos procedimentos que podem prevenir ou tratar as temidas rugas. Dentre eles, a especialista destaca a intradermoterapia injetável. 

“A intradermoterapia, que também pode ser chamada de mesoterapia, consiste na aplicação de ativos ou mesclas cosméticas por meio de injeção com uma agulha fina na pele”, explica. 

+++ Vampire Facial: entenda o procedimento que usa o sangue do próprio paciente para rejuvenescer a pele

+++ Fonte da juventude? Tratamentos 'Pro-Aging' promovem envelhecimento saudável da pele e minimizam efeitos deletérios do tempo

Segundo Lopez, o procedimento estético é rápido, causa dores mínimas e tem poucos efeitos colaterais. A especialista aponta, ainda, que os resultados são visíveis logo após a primeira aplicação dos fármacos.  

“A intradermoterapia é indicada para mulheres e homens com mais de 30 anos e que apresentam linhas de expressão e rugas. As principais contraindicações são para mulheres grávidas e lactantes, bem como pessoas com doenças autoimunes e indivíduos alérgicos a um ou mais componentes da fórmula utilizada na aplicação”, ressalta Lopez. 

O procedimento estético da intradermoterapia, por não ser considerado invasivo, deve ser realizado somente com profissionais de estética devidamente habilitados.  

“Nunca se esqueça de buscar um profissional de estética qualificado para realizar procedimentos, incluindo a intradermoterapia. Estude sobre sua reputação e verifique se ele será capaz de responder todas as suas dúvidas”, finaliza a especialista.


Sobre a especialista

Daniela Lopez é graduada em Estética e Cosmetologia e pós-graduada em Intradérmicos e Subcutâneos. Atua na causa da regulamentação da atuação de profissionais estéticos e cosmetólogos e é presidente da SindEstética. Lopez é autora do livro História da Legislação da Estética e Cosmetologia no Brasil e pesquisadora no campo clínico. 

Último acesso: 22 Oct 2021 - 00:35:13 (3255).