Coronavac: Ministério da Saúde anuncia que vai comprar 46 milhões de doses da vacina chinesa

O governo federal deve editar uma nova Medida Provisória para disponibilizar R$ 2,6 bilhões até janeiro

VIVA SAÚDE Publicado quarta 21 outubro, 2020

O governo federal deve editar uma nova Medida Provisória para disponibilizar R$ 2,6 bilhões até janeiro
Coronavac: Ministério da Saúde anuncia que vai comprar 46 milhões de doses da vacina chinesa - Freepik

O governo federal anunciou em reunião com governadores nesta terça-feira, dia 20, que o Ministério da Saúde vai comprar 46 milhões de doses da CoronaVac, vacina contra Covid-19 do Instituto Butantã produzida em parceria com a empresa chinesa Sinovac. Com isso, o governo federal deve editar uma nova Medida Provisória para disponibilizar R$ 2,6 bilhões até janeiro.

Assim como as demais vacinas testadas no Brasil, a CoronaVac está em fase de testes e sua eficácia ainda precisa ser comprovada antes que o uso seja liberado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Nos testes, são aplicadas duas doses do imunizante por voluntário.

 

+++ VEJA TAMBÉM: Ir ao supermercado ou caminhar na rua: tabela ajuda a avaliar risco de contágio por Covid-19 em ocasiões variadas
+++ VEJA TAMBÉM: Covid-19: Vacina chinesa é a que tem menos efeitos colaterais entre as testadas, segundo o Instituto Butantã

O governador de São Paulo, João Doria, e mais 23 governadores participaram da reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

Além disso, segundo Pazuello, quando a vacina for aprovada, as doses serão distribuídas a todo o Brasil por meio do Programa Nacional de Imunizações, que há décadas é responsável por campanhas nacionais de vacinação.

A Coronavac, segundo o Instituto Butantã, demonstra ser o imunizante em desenvolvimento no mundo com o menor índice de efeitos colaterais. Os dados levam em consideração o acompanhamento de 9 mil voluntários brasileiros já vacinados no País.

E, apesar de indicativos positivos, a principal informação envolvendo a vacina chinesa, que é o índice de eficácia da vacina, deve ficar somente para o fim do ano.

Último acesso: 26 Nov 2020 - 17:54:36 (611).