assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Atividades físicas para os filhos

Publicado em 14 de Sep de 2013 por Leticia Maciel | Comente!

Deixar as crianças o dia inteiro no videogame pode prejudicar na saúde delas, levando à obesidade e sedentarismo. Aprenda com especialista como mudar o hábito dos filhos brincando



Texto: Ivonete Lucirio/ Fotos: Danilo Tanaka, Divulgação/ Produção: Janaina Resende Adaptação: Letícia Maciel.

Atividades físicas associado ao contato com a natureza ajudam no desenvolvimento da criança
e na prevenção de doenças.
Foto: Divulgação. 

Crianças e videogame é mais uma daquelas combinações que parecem não se largar. Mas não pode, nem deve ser assim. Ela precisa se mexer para evitar  para a obesidade e para garantir seu desenvolvimento físico e cognitivo. Mas provavelmente não fará isso por iniciativa própria se vir os pais estatelados no sofá. "Filhos com o pai ou a mãe ativos têm uma chance duas vezes maior de se tornarem ativos. Se tanto o pai quanto a mãe praticarem esportes, a chance do filho fazer o mesmo é seis vezes maior", diz do médico do esporte Ricardo Muniz Nahas, diretor da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE).

Correr, jogar futebol ou vôlei, praticar natação, artes marciais...Tudo isso é muito bom. Contudo, você pode acrescentar ao cardápio atividades físicas travestidas de brincadeira. O contato com a natureza é fundamental. "Estar ao ar livre é o melhor laboratório que uma criança pode ter para seu desenvolvimento", diz a psicóloga Márcia Verstandig, especialista em terapia sitêmica familiar pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

 

Brincadeira para perder caloria

Empine papagaio, pule corda,jogue peteca, amarelinha com seus filhos. "Resumindo, a criança deve ser encorajada e participar do maior número de atividades físicas possível diariamente. A variação da modalidade é importante para estimular tanto a coordenação motora quanto o equilíbrio do corpo", diz o especialista em medicina corporal Jão Felipe Franca, da Climinex, no Rio de Janeiro. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), para saírem da linha do sedentarismo, as crianças com idade entre 5 e 17 anos devem praticar ao menos 360 minutos de atividade física por semana- de preferência divididos em 60 minutos diários. Jogar peteca por exemplo, pode ter um gasto de 150 calorias para as crianças, a brincadeira é uma atividade física que treina os reflexos da criança enquanto ela se diverte e foje do sedentarismo e da obesidade.



COMENTE!