saude   / Caso sem resposta

Irmãs no Brasil são diagnosticadas com a "doença da urina preta" após comer peixe

A enfermidade, que tem o nome como síndrome de Haff, tem essa característica marcante e que assusta muita gente

Viva Saúde Publicado quarta 24 fevereiro, 2021

A enfermidade, que tem o nome como síndrome de Haff, tem essa característica marcante e que assusta muita gente
Síndrome de Haff - Pixabay

Imagine você, após comer um prato de peixe, começar a sentir fortes dores na região abdominal, além de fortíssimas câimbras. Para piorar, ao ir ao banheiro, notar que a sua urina está da cor preta.

Esses sintomas, que assustam, são característicos da síndrome de Haff e aconteceu com duas irmãs aqui no Brasil, mais especificamente no estado da Paraíba.

+++LEIA MAIS: Aprenda a fazer alfajor com apenas três ingredientes para se deliciar ou lucrar com a venda

Apesar desses sintomas, toda a síndrome ainda é um verdadeiro mistério para a comunidade médica, que não sabe como é possível contrair a doença.

Mesmo com esse mistério que ronda a síndrome de Haff, casos anteriores na literatura médica apontam uma semelhança: A ingestão de alimentos que vieram da água, como peixes, em especial de água doce.

A hipótese mais provável é que o alimento tenha sido contaminado por uma toxina, ainda desconhecida e que, ao ingerí-lo, afeta o corpo. Uma infecção bacteriana fora descartada já que, em todos os casos, os peixes foram cozidos ou fritos, o que mataria todas as bactérias existentes.

Na maioria das vezes, a pessoa se recupera em dias, e não tem nenhuma sequela. Os casos mais graves necessitaram de terapia intensiva, mas dificilmente leva a óbito.

Por isso, é mais que fundamental, além de ter um preparo adequado do alimentos, saber qual a procedência dele!

Último acesso: 22 Apr 2021 - 00:43:19 (1667).