saude   / Saúde menstrual

''Naqueles dias''! Entenda como ficar atenta para saber se o seu fluxo está normal

Aumento brusco na quantidade de sangue é sinal de alerta para a presença de doenças como miomas

Jennifer de Carvalho com supervisão de Marina Pastorelli Publicado sexta 10 setembro, 2021

Aumento brusco na quantidade de sangue é sinal de alerta para a presença de doenças como miomas
Mudanças no fluxo menstrual podem ser sinais de alerta - Pexels/Ann Zzz

O “naqueles dias” de cada mulher varia de organismo para organismo. Por isso, não há uma regra para o grau do fluxo da menstruação, ela pode ser leve, moderada ou intensa. Em média, uma xícara de café é o que uma mulher perde de sangue, podendo chegar até a 80ml. 

Mas, as dúvidas em relação à normalidade do fluxo pairam sobre a cabeça de muitas. Pesquisa realizada pela Bayer AG, empresa química e farmacêutica alemã, mostra que 66% das mulheres têm interesse em entender melhor o seu fluxo.

+++ DIU e coletor menstrual: veja quais são os cuidados básicos

+++ Saúde feminina: obstetra aponta consequências da endometriose para a fertilidade da mulher

E estão certas, porque é sempre importante observar o corpo para se ter uma noção de como ele está funcionando. O Dr. Alexandre Silva e Silva, especialista em Mioma, Ginecologia Minimamente Invasiva e Cirurgia Robótica, explica que quando uma mulher apresenta um fluxo anormal, ela pode perceber “um aumento na quantidade de sangramento e no número de dias em que sangra”. E ainda alerta que esses sintomas podem desenvolver anemia.

Juntamente com a intensidade das cólicas, o especialista aponta que essa mudança geralmente pode estar relacionada com miomas. Mas também é possível ter ligação com “a presença de alterações dos fatores de coagulação.”

Quando se trata da cor do sangue menstrual, Silva explica que não há por que ficar em alerta. “Uma coloração vermelha reflete um sangramento atual, desse momento. Quando saem coágulos, significa que o volume de sangramento pode ser maior. Quando a coloração fica escura, é um final de sangramento, provavelmente um processo em resolução ou somente um escape.”

Já uma outra doença que pode gerar dúvidas em relação aos seus sintomas, é a endometriose. Para isso, o especialista pontua a atenção para dores no período menstrual: “dores durante a relação sexual, dores para evacuar e dor ao urinar”. Ainda, Silva ressalta que outro sinal é o sangramento nas fezes e na urina. 

Último acesso: 22 Oct 2021 - 00:43:24 (3256).