assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Descubra os benefícios da geoterapia

Publicado em 09 de May de 2014 por Leticia Maciel | Comente!

Saiba como os minerais encontrados em vários tipos de argila podem ajudar a combater doenças e ainda hidratar a pele



Texto: Diego Benine/ Foto: Reprodução/ Adaptação: Letícia Maciel 

São usados vários tipos de argila e recursos mineiras na geoterapia 
Foto: Reprodução 

Muito popular nos países do oriente, a geoterapia utiliza recursos minerais para retardar o envelhecimento cutâneo, tratar cicatrizes e combater problemas de pele. Mas tudo depende da composição da substância e da forma como ela é aplicada. Entre os minérios empregados nesse tipo de tratamento estão os diferentes tipos de argila. Veja abaixo para que serve cada cor dessa substância. Mas cuidado: para evitar alergias e outras complicações, procure a orientação de um profissional especializado.

Argila Branca: por ter uma elevada porcentagem de alumínio, possui propriedades antissépticas e cicatrizantes. É usada também no tratamento de manchas em peles sensíveis.

Argila Verde: tem efeito desintoxicante e é empregada principalmente na esfoliação do couro cabeludo para auxiliar o crescimento dos fios.

Argila Preta: considerada nobre, a substância combate inflamações e ajuda a aliviar o estresse. É conhecida como Lama Negra.

Argila Marrom: muito utilizada para tratar acne, pois reduz a oleosidade da pele. Além disso, apresenta efeito rejuvenescedor.

COMO A ARGILA É APLICADA?

A forma mais comum é o cataplasma. Trata-se de uma massa pastosa aplicada em regiões específicas do corpo por meio de panos finos. Sua temperatura é variável: em casos de inflamação, por exemplo, ela deve ser menor do que a temperatura do corpo para que absorva o calor emitido pela região inflamada.

Revista VivaSaúde Edição 118



COMENTE!