assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Quem tem amigos vive mais, diz estudo

Publicado em 30 de Jan de 2015 por Marília Alencar | Comente!

Quem tem amigos vive mais, diz estudo. Pesquisadores analisaram as vidas sociais dos participantes e verificaram sua relação com a mortalidade



Texto Ivan Alves/ Foto: Shutterstock/ Adaptação: Marília Alencar 

Amigos

(Foto: Shutterstock)

Pessoas que mantêm relações sociais aumentam suas chances de sobrevivência em 50%. A constatação é resultado de um estudo da Universidade de Brigham Young, nos EUA, divulgado no periódico PLoS Medicine. Os pesquisadores analisaram dados de 148 estudos que mediram a frequência das relações sociais dos participantes e verificaram sua relação com a mortalidade.

Pessoas que vivem isoladas ou com pouco contato com amigos e familiares apresentaram um impacto negativo na saúde tão importante quanto fumar 15 cigarros por dia, abusar no consumo de álcool, ser sedentário ou estar obeso. “Quando uma pessoa está conectada a um grupo e se sente responsável por outros indivíduos, seu propósito de vida se manifesta em maiores cuidados com seu bem-estar e na diminuição de fatores de risco”, destaca Julianne Holt-Lunstad, autora da pesquisa.

Revista VivaSaúde/ Edição 88



COMENTE!