assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Revista VivaSaúde - Edição de abril de 2015

Publicado em 13 de Apr de 2015 por Clara Ribeiro | Comente!

A revista VivaSaúde do mês de abril tem muita informação e novidades! Confira



Texto Cristina Almeida / Foto: Fabrizio Pepe / Adaptação: Clara Ribeiro

Revista VivaSaúde - Edição 144
À venda por R$ 9,80

Na corrida pelo reconhecimento dos melhores filmes de 2015, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (EUA) indicou duas obras que tinham em seus roteiros doenças neurológicas: o Alzheimer (Para sempre Alice) e a esclerose lateral amiotrófica (ELA) (A Teoria de Tudo).

Não terá sido mera coincidência que Julianne Moore levou o prêmio de melhor atriz do ano. Ela interpreta o papel de uma professora de linguística da Universidade Colúmbia que é acometida por uma doença degenerativa que lhe rouba gradativamente as funções intelectuais e as capacidades para o trabalho e para as relações. Na sala escura do cinema passamos a ter uma ideia daquilo que um dia pode vir a ser a nossa realidade ou a de alguma pessoa que amamos. Saímos da sessão com a certeza de que a vida não é perfeita, e que a arte continua a cumprir sua função social: nos ajudar a encontrar algum equilíbrio em meio a tudo que não somos capazes de entender e aceitar.

Curiosamente, olhar de frente para o Alzheimer não suscita em nós um sentimento de negação ou autopiedade diante da limitada condição humana. Ao contrário, somos inspirados a pensar no sentido de levarmos uma vida saudável. No caso dessa enfermidade, em particular, sabe-se que exercícios regulares, dieta equilibrada, manter o peso adequado, dormir bem e gerenciar o estresse podem proteger da degeneração neurológica.

Já em relação à ELA e ao Parkinson (veja reportagem sobre novas terapias na pág. 50), cujas causas ainda não são totalmente claras, não há como se falar em prevenção. Sob todas as perspectivas que observarmos, salta-nos imperioso o dever de viver a vida de forma plena, até que o nosso tempo se cumpra. Ter saúde, caro leitor, é a única esperança de que isso será possível. Boa leitura!

Cristina Almeida, editora-chefe
cristina.almeida@escala.com.br

Revista VivaSaúde - Edição 144



COMENTE!