assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

5 vilões que podem prejudicar o funcionamento do fígado

Publicado em 15 de Jun de 2016 por Kelly Miyazato | Comente!

Você sabia que a alimentação pode interferir e favorecer a esteatose (acúmulo de gordura no interior das células do fígado)? Consultamos uma especialista para falar a respeito dos 5 vilões que podem prejudicar o funcionamento do fígado. Confira!



 

Descubra quais são os vilões que podem prejudicar o funcionamento do fígado

Além de colocar no cardápio alimentos favoráveis ao bom funcionamento do fígado, é imprescindível excluir itens que podem favorecer a esteatose (acúmulo de gordura no interior das células do fígado). A nutricionista Alessandra Paula Nunes, consultora da Associação Brasileira de Nutrição (Asbran) afirma que a alimentação correta e com intervalos de três em três horas é de extrema importância para a reversão do quadro e indica a seguir o que deve ser evitado.

5 vilões que podem prejudicar o funcionamento do fígado

1. Frituras

Pastel, coxinha, bolinha de queijo, acarajé, batata, frango à passarinho... a lista das delícias salgadas é tão grande como apetitosa. Entre os doces, não é diferente: churros, bolinhos de chuva, pastel de Belém... é de dar água na boca! Mas definitivamente não podem fazer parte da dieta de quem quer se livrar da esteatose (acúmulo de gordura no interior das células do fígado). O motivo é a grande quantidade de gorduras trans atreladas a elas que sobrecarregam o fígado.

2. Bebidas alcoólicas

Elas são as mais prejudiciais ao bom funcionamento dofígado. O álcool depende totalmente do órgão para ser metabolizado e pode sobrecarregá-lo causando inflamações, destruição das células e, consequentemente, doenças graves como a cirrose e o câncer. O consumo frequente não afeta apenas o fígado, mas também oestômago e o coração. Isso porque o álcool é um depressor do sistema nervoso central (SNC) e age diretamente, agredindo o organismo todo, desde o cérebro, mas principalmente o sistema digestivo. Se associado ao cigarro, o estrago pode ser ainda maior, já que fumar compromete a capacidade de o fígado processar e remover as toxinas.

3. Embutidos

Além de possuírem quantidade muito grande de gorduras saturadas que sobrecarregam o fígado, contêm agentes cancerígenos, como o nitrito e o nitrato. Estes se transformam em nitrosaminas que são responsáveis pelos altos índices de câncer gástrico e hepático observados em populações que consomem alimentos com estas características de forma abundante e frequente. Portanto, salsicha, mortadela e linguiça, entre outros, devem ficar de lado por um tempo.

4. Manteiga

De difícil digestão, a manteiga e outros alimentos ricos em gorduras, como a margarina e a maionese, devem ser esquecidos. Como as gorduras não podem ser digeridas pela bile, ficam acumuladas no fígado, levando ou agravando o quadro de esteatose. Além disso, a manteiga contém vitamina A e o seu acúmulo pode gerar inflamação no órgão. Da mesma forma, biscoitos amanteigados, doces folhados e tortas não devem ser ingeridos.

5. Laticínios gordurosos

Queijos amarelos, requeijão, creme de leite e leite integral são ricos em gorduras saturadas, que se acumulam facilmente no fígado. Eles contribuem também para o aumento nos níveis de colesterol e favorecem os processos inflamatórios em todo o organismo. Procure substituí-los por alimentos mais leves, como iogurtes desnatados e geleias de frutas caseiras. Assim como a manteiga, eles também contêm vitamina A, o que pode agravar a esteatose hepática.

Dica: mantenha distância dos sanduíches muito elaborados

Em vez de comer um lanche com pão, diversas fatias de carne e de queijo, bacon, maionese e condimentos como ketchup e mostarda, que contém tudo o que pode agredir ainda mais o fígado, prefira uma refeição com arroz integral, lentilha, legumes e verduras para ajudar a desintoxicar o órgão.

 

 

Coleção VivaSaúde Especial - Fígado saudável  |  Adaptação Kelly Miyazzato.

 

 

 

 



COMENTE!