assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Causas da coceira na pele

Publicado em 18 de Nov de 2014 por Clara Ribeiro | Comente!

Ela tem como causa algum tipo de estímulo externo, como picadas de insetos, poeira,fiapos de tecido etc. Mas pode indicar problemas como alergias e doenças infecciosas



Texto: Ivan Alves / Ilustração: Angelo Shuman / Adaptação: Clara Ribeiro

Está com coceira? Descubra o que pode ser e consulte seu médico para ter certeza

Ilustração: Angelo Shuman

1 - Tenho placas rosadas
A urticária tem diversas causas, mas alguns medicamentos são os principais desencadeadores. Em geral, as escoriações desaparecem no mesmo dia, caso contrário podem ser sinal de alguma doença interna, como lúpus eritematoso. O tratamento envolve o uso de medicamentos antialérgicos de vários tipos, indicados de acordo com cada caso.

2 - Comi fora de casa
Adultos sofrem desse tipo de reação ao consumirem frutos do mar. E ela se manifesta como a urticária. Crianças que têm coceiras causadas por alergia alimentar geralmente são intolerantes a corantes como a tartrazina – presente em balas e caramelos – ou a proteínas animais (leite e carne). O tratamento visa afastar a causa e usar antialérgicos.

3 - Fui picado!
Picadas de inseto podem provocar o surgimento de bolinhas na pele e que coçam. As áreas mais afetadas são braços e pernas. Ao brincar ao ar livre, as crianças costumam levar bactérias que causam infecção e mais coceira. Adultos podem apresentar o problema, sendo às vezes relacionado a outras doenças internas que devem ser pesquisadas. Pode-se prevenir com vacinas, que são eficazes se aplicadas na idade correta.

4 - O médico diz que é escabiose
Conhecida por sarna, é provocada pelo ácaro Sarcoptes scabiei. A sarna canina decorre de outro agente e é transmitida a humanos via mordida. O prurido ocorre à noite no abdome, na face interna dos braços, na área genital e coxas. O tratamento usa loções e soluções dermatológicas que eliminam os ovos depositados sob a pele.

5 - Dermatites são comuns em minha família
As mais incidentes são as de contato (pele/substâncias químicas), a seborreica (descamação/inflamação da pele da cabeça) e a atópica (herança genética). O paciente deve procurar diagnóstico e tratamento personalizados e evitar coçar ou remover as crostas para não prolongar ou piorar o quadro.

6 - Peguei uma virose
Dengue, catapora e até infecção pelo HIV podem ter esse sintoma. Mas há casos em que não é fácil saber do que se trata e um dermatologista deve ser consultado. Isso porque a coceira pode sinalizar doenças que atacam o organismo, mas não dá outros sintomas externos ou qualquer sensação de mal.

Revista VivaSaúde - Edição 139



COMENTE!