assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Como a hipertensão afeta o organismo

Publicado em 02 de Jan de 2014 por Leticia Maciel | Comente!

Os dados são alarmantes: 30% dos brasileiros adultos são hipertensos. Veja como esta doença atinge o seu organismo



Texto: Stella Galvão/ Foto: Shutterstock/ Adaptação: Letícia Maciel 

Em mais de 90% dos casos, a doença está relacionada de uma só vez à
heranda genética, má alimentação, consumo excessivo de álcool e sobrepeso 
Foto: Shutterstock 

Cérebro 

A hipertensão pode causar dois tipos de AVC: isquêmico, quando a pressão alta favorece o entupimento de algum vaso, e o hemorrágico, quando as artérias podem se romper, levando à formação de coágulos.

Olhos 

As artérias que irrigam a retina (camada mais interna do olho) têm calibre mais fino. Elas podem romper se a pressão sanguínea elevar-se muito e levar à cegueira.

Coração 

Também pode levar à obstrução arterial ou formação de coágulo. A morte de tecido cardíaco por falta de irrigação leva à angina (dor no peito) e ao infarto. Pode ocorrer insuficiência cardíaca: para vencer a maior resistência das artérias, por conta do aumento de pressão, o coração precisa bater mais forte. Muito exigido, o músculo pode entrar em falência.

Rins 

Tanto podem provocar a hipertensão como sofrer suas consequências. Isso porque fabricam hormônios (renina e angiotensina) responsáveis pela regulação da pressão arterial. E, quando está elevada, os rins ficam com déficit de sangue. Se chegar à insuficiência renal, o único recurso será hemodiálise ou transplante.

Pênis 

Como a ereção depende do sangue que chega aos corpos cavernosos, pressão elevada pode comprometer os pequenos vasos e levar à disfunção erétil.

Pernas 

Quando a pressão arterial está acima do normal, a quantidade de sangue que circula pelos músculos é insuficiente, o que causa dor muscular durante atividades físicas.

Revista VivaSaúde Edição 67