assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Como reconhecer um melanoma

Publicado em 28 de Oct de 2014 por Clara Ribeiro | Comente!

A lesão se origina nos melanócitos, células relacionadas à produção de melanina. Entre os homens, aparecem no tronco. Entre as mulheres, nos membros inferiores.



Texto: Tayane Garcia / Foto: Shutterstock / Adaptação: Clara Ribeiro

Os melanomas apresentam características diferentes de uma lesão de pele comum. 

Saiba como reconhecê-los

Foto: Shutterstock

Os tipos mais comuns são os não-melanomas, e se manifestam no rosto e pescoço - chamados de basocelular, e afetam mais os adultos e idosos. A orelha, os lábios, o dorso da mão e a face são outras áreas alvo e, assim, a lesão será o do tipo espinocelular. Estas modalidades representam 95% dos casos. Os demais 5% são situações mais graves, os melanomas, mais comuns em peles claras.

Características dos melanomas

Assimetria: as partes da pinta são diferentes.

Bordas: são irregulares e apresentam saliências.

Cor: a coloração pode variar. Geralmente surgem em diferentes tons de marrom e preto.

Diâmetro: a pinta apresenta mais de 0,5 cm (em alguns casos é possível diagnosticar antes).

Veja mais sobre os cuidados com a pele:

Fatores relacionados ao câncer de pele

  • Ter pele clara
  • Exposição prolongada ao sol
  • Queimadura solar precendente
  • Histórico familiar
  • Pintas grandes no corpo.
  • É aconselhável acompanhamento médico para verificar suas evoluções
  • Uso de medicamentos imunossupressores (fármacos contra AIDS, câncer, lúpus, altas doses de corticoides etc.

Revista VivaSaúde - Edição 134