assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Dormir bem ajuda a prevenir o risco de Alzheimer

Publicado em 23 de Feb de 2015 por Clara Ribeiro | Comente!

Pesquisa avalia a relação entre a qualidade do sono e doenças cognitivas, veja



Texto: Priscila Pegatin / Foto: Shutterstock / Adaptação: Clara Ribeiro

Previna o Alzheimer dormindo bem

Foto: Shutterstock

Uma boa noite de sono, após os 40 anos, é essencial para que o cérebro do homem adie o aparecimento do Alzheimer. A conclusão é de um estudo da Universidade de Uppsala (Suécia).

Entre os anos de 1970 e 2010 pesquisadores acompanharam mil homens, inicialmente com 50 anos, e constataram que distúrbios do sono aumentam em 33% o desenvolvimento de alguma demência, e em 51% a chance de Alzheimer.

A pesquisa ressalta ainda que quando os problemas relacionados ao sono se apresentam após os 70 anos o risco de demência é ainda maior.

Leia mais sobre Alzheimer:

 

 

 

 

Pedro Genta, pneumologista do Centro de Medicina do Sono do Hospital do Coração (HCor), explica que noites bem dormidas influenciam a memória e o aprendizado, além de regularem o metabolismo e o sistema cardiovascular.

“Porém é possível que o sono tenha papel diferente conforme a idade”, diz. Entre os distúrbios comuns, o médico destaca a insônia e a apneia. “O primeiro tem causa multifatorial, como ansiedade, estresse e doenças. Já a apneia, frequente no sexo masculino, pode estar associada à obesidade e à idade.” O tratamento inclui mudanças de hábitos, como dormir de lado e perda de peso, ou o uso de dispositivos ortodônticos e cirúrgicos.

Revista VivaSaúde - Edição 142



COMENTE!