assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Entenda tudo sobre o câncer de pele

Publicado em 24 de Dec de 2018 por Redação | Comente!

Conversamos com Thales Bretas, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, que esclareceu algumas dúvidas sobre o câncer de pele. Confira!



Texto Redação | Foto Divulgação

VivaSaúde: O que pode ocasionar o câncer de pele?
Thales Bretas*: A exposição excessiva ao sol é a principal causa do câncer de pele. Além disso temos uma importante influência genética.


VS: Quais idades estão mais propensas?
TB: Não tem uma idade certa, porque depende da herança genética e da exposição solar ao longo do tempo.

VS: Como se prevenir?
TB: O principal meio de prevenção é realmente a proteção solar. As radiações solares ultravioleta A e B são as principais causadoras do câncer de pele. Se evitar o sol, está evitando, em grande parte, contrair a doença. Quando for à praia ou ao clube, evite as queimaduras de sol usando sempre um filtro solar (com fator de proteção maior que 30) e reaplique toda vez que for à água ou de 3 em 3 horas. Outro fator importante é evitar a exposição solar entre 10 da manhã e 4 da tarde.

VS: Qual é o tratamento, caso o paciente tenha?
TB: Dentre os carcinomas de pele, o basocelular é de maior incidência e o mais facilmente tratável porque a chance de metástases é pequena. Para esse tipo de câncer, a cirurgia é curativa e o tumor é retirado com uma margem mínima de segurança, não precisando fazer quimioterapia nem radioterapia na maior parte dos casos. Já o melanoma é um tipo de câncer mais agressivo que pode ser curado com cirurgia ou exigir um tratamento quimioterápico, dependendo do estágio do tumor.

VS: Quais sinais indicam o câncer de pele?
TB: O melanoma, em geral, é uma mancha escura (mais escura que as demais), irregular, que cresce num ritmo mais acelerado e pode ter vários tons de cor. Já o carcinoma basocelular, que é o mais comum e mais curável, geralmente, é uma lesão elevada que sangra facilmente, têm pequenos vasos sanguíneos, uma superfície mais perolada, mais brilhante e a dermatoscopia (exame feito por dermatologistas em consultório) é bem típica com os vasos tortuosos.

*Thales Bretas - Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)



COMENTE!