assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Células-troncos podem ser retiradas do dente do siso

Publicado em 30 de Jun de 2015 por Marília Alencar | Comente!

Procedimento de extração do dente do siso pode ser uma ótima oportunidade para a retirada de células-tronco



Texto Ivan Alves/ Foto: Shutterstock/ Adaptação: Marília Alencar

Dente do siso
(Foto: Shutterstock)

Uma pesquisa do Instituto Nacional de Indústria Científica Avançada do Japão mostra que os terceiros molares, nome correto do dente do siso, contêm uma importante reserva de tecidos para criação de células-tronco pluripotentes induzidas (IPS). A ciência vê nessas partículas o caminho para originar tecidos e regenerar partes do corpo afetadas por diversos tipos de patologias. Criá-las, no entanto, é uma tarefa difícil.

As mais efetivas para esse tipo de produção são de difícil extração, como as que são recolhidas da medula óssea. A vantagem, obviamente, reside no processo de remoção. Os pesquisadores geraram uma série de linhagens de células-tronco, até cem vezes mais eficientes do que amostras criadas a partir de células da pele. A extração do siso é um procedimento médico comum e, portanto, cria uma oportunidade perfeita para retirar material. O estudo foi publicado no Journal of Biological Chemistry.

Revista VivaSaúde/Edição 91



COMENTE!