assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Para cada doença, um horário certo para o remédio

Publicado em 13 de Feb de 2015 por Marília Alencar | Comente!

Veja os períodos de maior incidência de certas patologias para estipular a posologia de medicamentos e garantir sua maior eficácia



Texto André Bernardo/ Foto: Shutterstock/ Adaptação: Marília Alencar

Rinite 

(Foto: Shutterstock)

Asma

Sintomas: Falta de ar, chiado no peito, tosse, dificuldade para respirar.

Maior incidência: Entre 0 he 6 h, com pico às 4 h.

Quando tomar o remédio? A queda na produção de cortisol provoca uma contração nos brônquios pulmonares, que atinge o seu pico às 4 h. Para o remédio fazer efeito às 4 h, os médicos recomendam que ele seja administrado pelo menos 8 horas antes, ou seja, às 20 h.

Diabetes

Sintomas: Sede, perda depeso e falta de apetite.

Maior incidência: Entre 3 h e 6 h.

Quando tomar o remédio? As crises costumam piorar de madrugada. O ideal é que o remédio seja prescrito à noite. Mas é preciso estar sempre bem alimentado, caso contrário, o indivíduo poderá sofrer uma crise de hipoglicemia.

Artrite

Sintomas: Dor forte e perda de mobilidade.

Maior incidência: Às 6 h.

Quando tomar o remédio? Para ter um efeito melhor no organismo, o ideal é que o remédio seja administrado sempre à noite.

Cardiovasculares 

Sintomas: Dor no peito e dificuldade para respirar.

Maior incidência: Entre 6 h e 12 h, com pico às 9 h.

Quando tomar o remédio? A partir das 6 h, o corpo ganha uma sobrecarga de cortisol, que provoca elevação na frequência cardíaca. O remédio deve ter ação prolongada e ser tomado antes de dormir.

Depressão

Sintomas: Dificuldade de concentração, sentimento de culpa e alternância de humor.

Maior incidência: Entre 18 h e 0 h.

Quando tomar o remédio? Os médicos recomendam que antidepressivos sejam tomados pelos pacientes sempre no início da tarde.

Gastrite e úlcera 

Sintomas: Dor e queimação no estômago.

Maior incidência: Entre 23 h e 1 h, com pico à meia-noite.

Quando tomar o remédio? Na maioria das vezes, os médicos prescrevem remédios de ação rápida para serem tomados à noite, período em que ocorre um aumento da acidez no estômago.

Câncer

Sintomas: Perda de peso e falta de apetite.

Maior incidência: Varia de pessoa para pessoa.

Quando tomar o remédio? Dependendo da posologia, alguns medicamentos devem ser administrados à tarde; outros, à noite, antes de dormir. O ideal é tentar ajustar a dose terapêutica aos horários em que só células cancerígenas estejam sensíveis à ação do medicamento.

Revista VivaSaúde/ Edição 94



COMENTE!2