assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Prevenção bucal é a melhor opção de tratamento

Publicado em 12 de Feb de 2019 por Redação | Comente!

O cirurgião-dentista, Harllen Mello, da clínica Implantar, destaca que o diagnóstico precoce é a melhor solução para quem quer manter os dentes ao longo da vida



Texto Redação | Foto Shutterstock 


Hábitos ao longo da vida e problemas como gengivite e cáries, quando não são tratadas adequadamente e precocemente levam a perda dentária. Esses fatores são ainda mais acentuados na população idosa. Por isso, o implante dentário, é um recurso muito procurado por essa faixa etária.
 
Todos os pacientes já com formação óssea estabelecida, ou seja, fora da idade da adolescência, estão aptos a colocação de implantes. Porém segundo o especialista, algumas ações podem ser realizadas para que ao atingir a terceira idade, o processo da técnica não seja necessário.
 
Abaixo o especialista destaca cinco processos que ajudam na longevidade do dente:
 
1 – Condição de saúde geral harmônica: pessoa que não possui nenhum tipo de doença;
2 -  Visita periódica ao dentista;
3 – Hábitos de uma boa higienização;
4 – Dieta balanceada; baixo consumo porcentagem de sacarose e carboidratos;
5 -  Eliminação de Hábitos e costumes prejudiciais, como por exemplo, uso de cigarro, bebidas alcoólicas, utilização de drogas.
 
Mas, para aqueles que já sofrerem com a perda dentária, o cirurgião-dentista ressalta que os implantes são a melhor opção de tratamento odontológico. “A implantodontia veio para ficar. Solucionando problemas de adaptações, fixações, conforto, volta do paladar, sensações térmicas e estética” finaliza.



COMENTE!