assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Tire suas dúvidas sobre o AVC

Publicado em 16 de Aug de 2013 por Ana Paula Ferreira | Comente!

4 horas e 30 minutos é o tempo limite para procurar ajuda médica capaz de salvar a vida da pessoa. Tire todas as suas dúvidas sobre o AVC



Texto: Ivan Alves / Foto: Cecilia Andrade / Adaptação: Ana Paula Ferreira

Entre as principais causas do AVC estão a hipertensão arterial, o diabetes melito, o colesterol

elevadoe o tabagismo. Ilustração: Cecilia Andrade

O que é

Acidente Vascular Cerebral. É popularmente conhecido como derrame e outras 24 denominações Brasil afora. AVC é um termo que se refere à interrupção de suprimento sanguíneo para o cérebro. Existem dois tipos: o isquêmico, responsável por 80% das ocorrências, que acontece pelo entupimento da artéria que leva o sangue ao cérebro; e o hemorrágico, que se dá pelo rompimento do canal. A falta de sangue mata as células cerebrais, vitimando ou deixando sequelas.

Corrida pelo cérebro

O tempo para salvar uma pessoa que sofre um AVC é de 4 horas e 30 minutos. Por isso, quanto antes acontecer o tratamento especializado, menor será a gravidade das sequelas. A falta de atendimento pode resultar em óbito. Há variados sintomas iniciais: fraqueza ou dormência de um lado do corpo, di?culdade para falar e entender, perda súbita da visão, di?culdade de coordenação motora, entre outros. Já na fase aguda, os sinais são mais intensos: dé?cit motor (paralisação de um lado do corpo), dor de cabeça intensa, tontura e perda da visão. Por isso, a qualquer sintoma, chame o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) pelo telefone 192.

Aqui no Brasil

O AVC é a principal causa de morte e de incapacidade física social e cognitiva no País. A doença mata, em média, 100 mil brasileiros por ano. A cada cinco minutos um óbito por AVC é registrado no Brasil. Esses números são re?exos dos maus hábitos alimentares, da falta de informação da população em geral — que desconhece os sintomas — e da precária rede de atendimento (mesmo uma parte dos hospitais privados não está devidamente equipada para cuidar de um caso de AVC).

Tratamentos

O AVC é uma emergência médica e deve ser administrada por pro?ssionais em uma unidade especializada. O tratamento com medicamentos trombolíticos é capaz de desobstruir a artéria entupida e restaurar o ?uxo sanguíneo para a região cerebral afetada, levando oxigênio e nutrientes essenciais para seu funcionamento. Já estão sendo testadas outras terapias aqui no Brasil. Entre elas está a utilização de células tronco, que são capazes de substituir as células que morreram durante o acidente.

Fatores de risco

Entre as principais causas estão a hipertensão arterial, o diabetes melito, o colesterol elevado e o tabagismo. Por isso, algumas regras são essenciais para evitar riscos: mudar hábitos, conhecer seu histórico médico e não negar a possibilidade de ocorrência.

Outros fatores que podem desencadear um AVC são:

  • sedentarismo
  • consumo excessivo de bebidas alcoólicas e comidas gordurosas, como junk food
  • obesidade

Revista VivaSaúde edição 80



COMENTE!