assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

7 benefícios do vinho tinto

Publicado em 31 de Aug de 2015 por Marília Alencar | Comente!

Conheça 7 benefícios do vinho tinto para a saúde



Vinho tinto

(Foto: Shutterstock)

Todos sabem que, além de ser uma bebida agradável e indicada para todas as ocasiões, o vinho tinto reúne uma série de benefícios para a saúde. Mas, você sabe quais são eles? A Vinhetica - marca de vinho brasileiro com sotaque francês - elencou alguns dos benefícios do vinho. Afinal, a proposta da marca é justamente produzir rótulos com uvas de qualidade que visam à redução de agrotóxicos resultando em vinhos mais saudáveis. Claro, apesar de todos os benefícios para a saúde, por ser uma bebida alcoólica, é recomendável que o vinho seja apreciado moderadamente.

1. Reduz a ocorrência de doenças cardiovasculares: por ter ação antiplaquetária, o vinho tinto contribui para a redução dos níveis de lipídios e colesterol – agentes responsáveis pela formação de placas que podem obstruir as artérias.

2. É um aliado contra o infarto: por ser um vasodilatador, a bebida favorece a diminuição da pressão sanguínea.

3. Ajuda no controle do peso: os polifenóis, em especial os flavonoides encontrados na uva, colaboram para acelerar o metabolismo, além de atuar na prevenção de doenças neurodegenerativas como a demência. Os tintos têm cerca de dez vezes mais polifenóis do que os brancos.

4. Melhora o desempenho físico: na composição do vinho tinto há um antioxidante – resveratrol - natural que atua positivamente na melhora do condicionamento físico, nas funções cardíacas e no sistema circulatório.

5. Recupera a pele: o vinho melhora a consistência, elasticidade, hidratação e microcirculação da pele, pois um dos efeitos dos polifenóis é a recuperação da pele. 

6. Combate doenças periodontais: de acordo com pesquisa das Universidades de Zurique e Madrid, o vinho tinto, com adição de extrato de semente de uva, combate três das cinco espécies de bactérias, devido a propriedades antimicrobianas presentes na bebida.  

7. Limita o caso de depressão: mais uma vez o resveratrol aparece como uma substância benéfica do vinho para a saúde, dessa vez mental. Segundo cientistas espanhóis, o resveratrol têm propriedades neuroprotetoras que aplicadas ao hipocampo (área fundamental no desenvolvimento da depressão aguda) pode prevenir, quem bebe vinho moderamente, de desenvolver depressão. 



COMENTE!