assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Abacaxi para auxiliar da digestão

Publicado em 09 de Mar de 2015 por Clara Ribeiro | Comente!

A fruta faz jus à fama de ajudar na digestão e também é importante aliada para eliminar a gordura do fígado, mantendo o órgão mais saudável



Texto: Coleção VivaSaúde Especial - Fígado / Adaptação: Clara Ribeiro / Foto: Shutterstock

Abacaxi para auxiliar da digestão

Foto: Shutterstock

Logo após os exageros alimentares nas festas de fim de ano e de eventos em que o consumo de álcool costuma ser maior, como o Carnaval, o abacaxi marca presença na dieta por parte daqueles que querem promover uma desintoxicação no organismo. Nos churrascos, ele também agrada quem quer finalizar o consumo de carnes de uma forma mais saudável e ainda por ajudar a queimar as gorduras ingeridas.

Tais costumes são aprovados e indicados por médicos e nutricionistas. “Esta fruta tem uma potente enzima chamada bromelina, que auxilia na digestão dos alimentos ricos em proteína, como carnes, peixes e aves. Por essa ação, ela ajuda a desobstruir o excesso de gorduras e toxinas acumuladas no fígado”, esclarece a nutricionista Salete Brito, do Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

A bromelina é encontrada em maior quantidade no miolo do abacaxi, aquela parte mais dura que geralmente as pessoas costumam desprezar ao comer as fatias. Então, da próxima vez, olhe com mais atenção para ela. A substância age permitindo melhorar o aproveitamento dos nutrientes, fazendo com que a digestão seja acelerada.

A fruta tem seu consumo recomendado também por ter ação antioxidante, combatendo, assim, os radicais livres que aceleram o processo de envelhecimento. Uma pesquisa da Universidade Autônoma de Barcelona, na Espanha, o apontou como um aliado de peso contra a obesidade por dar saciedade e, além disso, tem efeito diurético.

Modo de usar: consuma uma ou duas rodelas de abacaxi por dia como sobremesa ou lanche no meio da manhã ou da tarde, alternando com os sucos da fruta, que podem ser misturados com uma folha de couve, cinco de hortelã ou uma colher de gengibre ralado. Como é ácido, o consumo exagerado pode fazer mal para quem tem problemas gástricos.

Hidratação em alta

Além de combater a gordura no fígado, o abacaxi também é um poderoso hidratante. Seu suco é bastante indicado após a prática de atividade física, como repositor energético natural. “A substituição de alimentos industrializados por naturais é altamente indicada”, reforça a nutricionista Natália Baraldi Cunha, da Universidade Estadual Paulista (Unesp – Botucatu).

Por ser refrescante, também cai bem em dias de altas temperaturas e como tem poucas calorias (são menos de 50 kcal em uma fatia de 100 g) não coloca a dieta para perda ou manutenção de peso na corda bamba. Existem mais de 100 espécies da fruta, mas no Brasil o pérola e o havaí são os mais facilmente encontrados. Existem também outras variedades como lagoa santa, salvaterra, jupi e boituva.

Coleção VivaSaúde Especial - Fígado



COMENTE!