assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Amora ajuda a combater o déficit de memória

Publicado em 03 de Sep de 2013 por Ingrid Tanii | Comente!

A fruta vermelha possui flavonóides que exercem efeitos na aprendizagem e na memória



Texto: Regina Dell`aringa/ Foto: Shutterstock/ Adaptação: Ingrid Tanii

          A amora é rica em flavonóides, que ajuda na reversão dos déficits de memória

                                                              Foto: Shutterstock

Pesquisadores do The Península College of Medicine and Dentistry,no sudoeste da Inglaterra, concluíram que fito químicos, encontrados em alguns alimentos funcionais como a amora, possuem efeitos favoráveis na reversão dos déficits de memória relacionados à idade.

O estudo será publicado no Free Radical Biology and Medicine Journale conclui que amoras são fontes de flavonóides, principalmente antocianinas e flavonol, os quais, após a digestão, ultrapassam a barreira hematoencefálica (uma membrana que protege o cérebro de substâncias presentes no sangue), e exercem efeitos na aprendizagem e na memória, melhorando, assim, as conexões entre os neurônios, além de estimular a regeneração neuronal.

Essa melhora da memória é mediada pela ativação de proteínas sinalizadoras em uma via específicado hipocampo, parte do cérebro que controla o aprendizado e a memória.Para usufruir dos benefícios da fruta,que tal provar o suco sugerido pela nutricionista Lara Natacci Cunha?

Suco de amora 

  • 5 folhas de ginkgo biloba (também ótimo para a memória)
  • 5 folhas de alecrim (estimula a circulação)
  • 6 amoras
  • 1 copo de água ou de água-de-coco. Bata tudo no liquidificador e tome em seguida

Revista VivaSaúde - Edição nº 61




COMENTE!