assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Aveia para combater câncer de intestino

Publicado em 18 de Nov de 2014 por Clara Ribeiro | Comente!

Substitua uma parte da farinha de trigo das suas receitas doces e salgadas por 1 de aveia. Ela não altera o sabor do prato e você conta com uma fonte a mais de fibras. Conheça os benefícios desse cereal



Texto: Karina Fusco / Foto: Fabrizio Pepe / Adaptação: Clara Ribeiro

Aposte na colina: as fibras solúveis da aveia são capazes de reduzir o nível de glicose

no sangue e as insolúveis ajudam o trânsito intestinal
Foto: Shutterstock

Este cereal bastante conhecido pelos benefícios ao trânsito intestinal e para baixar o mau colesterol, ainda não tem o consumo ideal no Brasil. A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) informa, porém, que apesar de baixo, está em crescimento. Pelos dados da Pesquisa de Orçamento Familiar do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a compra domiciliar de aveia em flocos saltou de 0,032 kg/habitante/ano em 2002, para 0,074 kg/habitante/ano em 2008, sendo as regiões Norte e Nordeste as maiores consumidoras.

A nutricionista Aline Castaldi afirma que as isoflavonas presentes na aveia, reduzem as chances de as pessoas apresentarem doenças crônicas como o câncer. “As fibras previnem a constipação, a diverticulite, o colesterol elevado, o aumento do nível de glicose no sangue, a obesidade, o câncer de intestino grosso e o da mama”, resume.

A nutricionista Solange Carniel reforça que o grão apresenta em sua composição os flavonoides, que atuam na prevenção do câncer. “Por combater o intestino preso, ajuda a prevenir o câncer de intestino”, diz.

Em relação ao câncer de colorretal, que está entre os que mais atingem homens e mulheres no Brasil, um estudo do Imperial College, da Inglaterra, publicado na revista British Medical Journal em 2011, apontou que a aveia, assim como outros cereais integrais, ajuda a reduzir a incidência da doença quando tem seu consumo aumentado. Foi mostrado que a cada 10 g a mais dessas fibras consumidas, diminui 10% o risco de ter este tipo de câncer. Uma das funções dessas fibras é impedir que as substâncias tóxicas permaneçam muito tempo no corpo humano, sendo eliminadas logo depois.

Modo de usar: duas colheres (sopa) cheias de aveia é o consumo diário ideal. O grão pode ser colocado no leite, nas frutas, nas vitaminas, nos mingaus, nas saladas, nos bolos e tortas, nos cookies e nos pães.

Água para potencializar o efeito da aveia
A aveia é um cereal repleto de nutrientes, entre eles proteínas, ferro, potássio, cálcio e vitaminas do complexo B. “Outro benefício é que cereais integrais como a aveia promovem saciedade”, ressalta a nutricionista Giovana Lourenção. Mas ela chama a atenção para duas questões essenciais: não esquecer de tomar água, porque ela contribui o maior aproveitamento das fibras, e controlar o peso, pois há associação entre obesidade infantil e o desenvolvimentode doenças quando adulto, incluindo alguns tipos de cânceres.

Valor nutricional
Cada 100 g de aveia em flocos crua fornecem:
Calorias - 394 kcal
Carboidratos - 66,6 g
Proteínas - 13,9 g
Lipídeos - 8,5 g
Fibras - 9,1 g
Cálcio - 48 mg
Gorduras saturadas - 1,2 g
Gorduramonoinsaturada - 2,2 g
Gordura poli-insaturada - 2,5 g
Gorduras totais - 8,5 g

Coleção VivaSaúde Especial - Câncer



COMENTE!