assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Benefícios da sardinha para o coração

Publicado em 24 de Sep de 2014 por Marília Alencar | Comente!

Confira alguns dos benefícios da sardinha, entre eles, a prevenção de doenças cardiovasculares e câncer



Sardinha
(Foto: Shutterstock)

Setembro é o mês em que se comemora o Dia Mundial do Coração. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 30% das mortes no mundo são por doenças cardiovasculares. Incluir a sardinha na mesa é uma ótima opção para a prevenção dessas doenças, que colocam em risco a saúde da população. "As sardinhas são fontes principais de vitamina B12 e contêm altos níveis de triptofano. Elas também são fontes de selênio, vitamina D, Ômega-3 ácidos graxos, proteínas, cálcio e fósforo. A sardinha possui níveis mais baixos de toxinas (como o mercúrio e PCB), do que muitos outros tipos de peixes. São ricas em vários nutrientes que podem ajudar na saúde cardiovascular e contribuem para triglicérides mais baixos e níveis de colesterol", explica Humberto Benedetti, cardiologista do Hospital Santa Catarina.

Fresca ou em lata, ela é fonte de gordura boa, que pode ser encontrada também em peixes de águas profundas, como o salmão. Mesmo enlatado, o pescado não inclui conservantes, nem alto teor de sódio. "Após uma seleção criteriosa do pescado, o mesmo é cozido e esterilizado dentro da própria lata com os demais ingredientes e com a tampa hermeticamente fechada, excluindo a necessidade de adicionar qualquer tipo de conservante aos produtos. Além disso, nós temos produtos com diferentes concentrações de sódio, portanto, é sempre importante analisar e tabela nutricional dos produtos e, caso tenha alguma restrição mais séria ao sódio, é importante procurar alternativas que prevêem essa redução", esclarece Patricia Magalhaes Hopf Simões, nutricionista, gerente de marca e marketing da Gomes da Costa. 

Benefícios da sardinha

Listamos quatro outros benefícios que a sardinha pode proporcionar ao corpo. Confira:

1. Prevenção do Câncer: A Vitamina D participa na regulação da atividade das células. Os ciclos celulares estão ligados ao desenvolvimento do câncer, por isso, o consumo ideal de vitamina D pode vir a desempenhar um papel importante na prevenção de vários tipos de câncer. O Selênio é um mineral com potente ação antioxidante, cuja a ingestão tem sido associada à redução do risco de câncer. Os ácidos graxos Ômega-3 encontrados na sardinha também promovem a diminuição do risco de vários tipos de câncer, incluindo o câncer colorretal, de próstata e mama. 

2. Saúde dos Olhos: Os altos níveis de Ômega-3 também oferecem proteção substancial contra a degeneração macular (DMRI) do olho, uma condição na qual a visão fina se deteriora, resultando em perda de visão central, principal causa de cegueira em pessoas com mais de 50.
 
3. Pele e Cabelo: Ômega-3 estimula a produção de fibras de colágeno e elastina, que contribuem para o aspecto mais jovem da pele. Também ameniza manchas na pele e mantém o brilho do cabelo.
 
4Sistema Imunológico: Os peixes como as sardinhas são ricos em proteínas, que nos fornecem aminoácidos. Nossos corpos usam aminoácidos para criar novas proteínas, que são as bases para as células, músculos e tecidos conjuntivos. Além disso, as proteínas proporcionam anticorpos, que mantém nosso sistema imunológico forte e entregam oxigênio e nutrientes por todo o nosso corpo.



COMENTE!