assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Conheça as frutas hidratantes

Publicado em 29 de Nov de 2013 por Leticia Maciel | Comente!

Conheça as frutas com alto poder hidratante: elas matam a sede e repõem nutrientes. Além disso, possuem efeito diurético e ainda emagrecem


  • Maçã

    É rica em fibras, age no controle do açúcar no sangue e evita a constipação intestinal. Limpa a garganta e as cordas vocais graças a seu poderoso efeito adstringente. 
    Como consumir: prefira a fruta inteira, não seu suco. Um estudo publicado em agosto no British Medical Journal comprovou o efeito na fruta no controle do diabetes, desde que seja comida todinha.

     

  • Morango

    Tem ação diurética, ajuda na eliminação de toxinas pelo fígado e possui efeito laxante, o que colabora para a perda de peso. Contém ainda flavonoides, complexo B e ácido fólico
    Como consumir: cozido com um pouco de adoçante – na versão culinária – vira uma bela geleia para acompanhar torradas e queijo.

     

  • Melão 

    É diurético, o que contribui para a eliminação de toxinas pelo organismo. “E diminui a fome”, diz Cristina Marins, nutricionista funcional (RJ). É rico em vitaminas A, C e do complexo B, além de cálcio e ferro. A variedade cantaloupe é também laxante.
    Como consumir: se for batido com whey protein pode enganar o paladar. “Fica com gosto e consistência de leite condensado”, diz Juliana Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional.

  • Papaia 

    A polpa têm cálcio, fósforo, ferro, sódio, potássio, vitaminas A e C. É rico em betacaroteno, papaína, e ajuda no funcionamento digestivo. É indicado nas dietas de perda de peso.
    Como consumir: com aveia, iogurte e ameixas melhora o intestino.

  • Melancia 

    Ajuda no equilíbrio hídrico do organismo por ser rica em potássio: “atua na transmissão nervosa, na tonicidade muscular e na função renal”, diz Simone. Tem ainda licopeno, um antioxidante que age na prevenção de tumores.
    Como consumir: batida com morango e suco de uva, transformar-se numa arma contra o envelhecimento e melhora a circulação.

     

  • Pêssego 

    Além do alto teor de água, de acordo com pesquisadores do Texas Research Agrilife, nos Estados Unidos, os antioxidantes presentes na fruta ajudam no tratamento do diabetes tipo 2, obesidade e síndrome metabólica. Isso porque funciona no controle das taxas de açúcar no sangue.
    Como consumir: na salada de fruta, com suco de laranja.

  • Grapefruit

    Tem efeito diurético. “E ainda baixas calorias com baixo índice glicêmico”, diz Juliana Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional. O índice glicêmico é a velocidade com a qual o açúcar vai parar no sangue. Quanto menor for, maior a saciedade que o alimento dá. Há outros benefícios: melhora o trânsito intestinal, diminui o risco de câncer de cólon e doenças cardiovasculares.
    Como consumir: misturado na salada de frutas, com calda de iogurte para quebrar um pouco a acidez.

  • Abacaxi 

    Campeã em poder hidratante, é rica em bromelina, enzima que auxilia na digestão. “E contém iodo, crucial para a tireoide”, diz Cristina Marins, nutricionista funcional (RJ).
    Como consumir: na forma de suco com folhas verde-escuras: a vitamina C colabora para a absorção do ferro dos vegetais. O melhor momento é depois do almoço devido a seu efeito digestivo.

  • Acerola 

    A fruta ajuda a combater o envelhecimento. “Tem mais vitamina C do que a laranja, que atua melhorando a irrigação e a oxigenação das paredes dos vasos sanguíneos da pele”, explica a nutricionista Juliana Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional.
    Como consumir: na forma de suco, com laranja e hortelã.

  • Laranja 

    É uma rica fonte de vitamina C, que fortalece o sistema imunológico. Mas não para por aí. Ajuda também a controlar a prisão de ventre se consumida com o bagaço.
    Como consumir: inteira. O suco é uma delícia, mas suas propriedades ficam intactas mesmo só quando se come todo o fruto, segundo um estudo publicado em 2010 no Journal of Food Science.

Texto: Ivonete Lucirio/ Fotos: Shutterstock, Reprodução/ Adaptação: Leticia Maciel 

 

Revista VivaSaúde Edição 127



COMENTE!