assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Iogurte para melhorar a digestão

Publicado em 16 de Apr de 2014 por Leticia Maciel | Comente!

Além de estimular a atividade intestinal, o iogurte contribua para boa digestão e ajuda o coração a trabalhar bem. Confira mais benefícios



Texto: Revista VivaSaúde/ Foto: Shutterstock/ Adaptação: Letícia Maciel 

Versátil e saboroso, o iogurte enriquece muitas preparações
Foto: Shutterstock 

A versão contendo probióticos conquistou seu lugar no ranking de alimentos saudáveis. É que estes micro-organismos vivos adicionados aos laticínios fazem muito mais do que apenas atenuar o sabor ácido de queijos e iogurtes. Eles habitam naturalmente o intestino, formando a flora bacteriana, e ali ajudam a digerir os alimentos, participam da síntese de vitaminas, enzimas e minerais, aumentam o aproveitamento de nutrientes como cálcio e ferro e ainda fortalecem o sistema imunológico, ampliando a resistência a infecções. Por ser tão útil ao bom funcionamento intestinal, o iogurte tanto pode ser indicado para alívio da prisão de ventre quanto tratamento da diarreia.

Outra das funções dos probióticos é diminuir a absorção de colesterol, de acordo com estudos de laboratório conduzidos na Escola de Ciências Moleculares da Universidade Victoria, na Austrália. Por isso, o coração também sai ganhando quando eles aparecem na mesa. Há também indícios (ainda não comprovados) de que facilitam o controle da pressão arterial, diminuem as agressões impostas ao estômago pela bactéria H. pylori (causadora de úlcera) e previnem infecções urogenitais. Para fechar com chave de ouro: o iogurte é rico em vitaminas do complexo B, essenciais ao sistema nervoso.

Modo de usar 

Escolha um iogurte com bactérias vivas (por exemplo, lactobacilos ou bifidobactérias) e consuma de 1 a 2 unidades por dia. Melhor se for desnatado e sem açúcar.

Víscera blindada 

Uma revisão de estudos publicada no American Journal of Health- System Pharmacy confirmou benefícios atribuídos aos probióticos, sobretudo no que se refere ao sistema gastrointestinal, dada à sua habilidade de recompor a flora bacteriana do cólon, onde residem cerca de 400 espécies de micro-organismos. Encontrados nos iogurtes, leites fermentados, sobremesas lácteas e alguns queijos, os probióticos contraindicados para quem tem intolerância à lactose e reações alérgicas (neste caso é melhor consultar antes o médico).

Revista VivaSaúde Especial Colesterol 



COMENTE!