assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

5 mitos sobre a água

Publicado em 30 de Apr de 2015 por Marília Alencar | Comente!

Ela atua no transporte de nutrientes e na manutenção de órgãos, além de outros processos. Porém, nem tudo o que dizem dela é verdadeiro



Texto Diego Benine / Foto: Shutterstock 

Água

(Foto: Shutterstock)

Beber durante as refeições dificulta a digestão

Nesse caso, o excesso de água é que compromete a absorção dos nutrientes. Doses moderadas (até 500 ml) são recomendadas, pois ajudam na formação de partículas alimentares que podem ser digeridas com maior facilidade.

É fonte rica de nutrientes

Em sua composição, há sais minerais (sódio, flúor e potássio). Mas as concentrações são tão baixas que não trazem benefício extra ao organismo.

Devemos ficar atentos à quantidade de sódio

A concentração do nutriente é tão ínfima que seriam necessários 15 litros de água para atingir o consumo máximo recomendado, que é de 2 g/dia.

Ajuda a emagrecer

Ingerir líquidos promove uma sensação temporária de saciedade, mas não o suficiente para diminuir a fome. Desconfie de dietas baseadas na substância.

Quanto mais, melhor

O consumo exagerado leva à perda de minerais importantes pela urina. Além disso, pode provocar hiponatremia, condição metabólica perigosa queé caracterizada por baixíssimos níveis de sódio no sangue.

Revista VivaSaúde / Edição 130



COMENTE!