assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Cardápio que ajuda amenizar os sintomas da andropausa

Publicado em 20 de Nov de 2013 por Ingrid Tanii | Comente!

Desânimo, desinteresse por atividades do dia a dia, irritabilidade e a depressão são sintomas da andropausa. Saiba como amenizar esses incômodos



Texto: Rita Trevisan/ Foto: Fabio Mangabeira/ Adaptação: Ingrid Tanii

As carnes magras devem ser inclusas no cardápio dos homens com andropausa,

pois fornecem aos músculos a matéria-prima de que necessitam

Foto: Fabio Mangabeira

Andropausa

Poucas pessoas sabem, mas os homens, assim como as mulheres, podem sofrer alterações metabólicas decorrentes da idade, provocadas principalmente pela diminuição gradativa na produção da testosterona. A síndrome é conhecida como andropausa. “Cerca de 50% dos homens com idade superior a 55 anos apresentam queda nos níveis de testosterona, se comparados aos jovens”, afirma Jocelem Salgado. Entre os sintomas mais comuns do problema estão o desânimo e o desinteresse por atividades do dia a dia, a diminuição da libido, a tendência à irritabilidade e à depressão e a perda de massa muscular.

 

Devem incluir na dieta

 200 g de carnes magras, aves sem pele ou peixes, que são boas fontes de proteínas, fornecendo aos músculos a matéria-prima de que necessitam. Hortaliças e frutas são ricas em vitaminas e sais minerais que aumentam o pique. Faça pelo menos um prato raso de hortaliças em uma das refeições principais e coma de 3 a 5 frutas ao dia. O tomate é imprescindível, pois contém licopeno, substância que combate o câncer de próstata.

Riscar do cardápio

As gorduras, as carnes como bacon e fígado, o leite e o requeijão integrais, os queijos amarelos e as frituras. O consumo de açúcar deve ser diminuído. “As células gordurosas são ricas em enzimas que convertem a testosterona em estrogênio, agravando a diminuição nos níveis de testosterona livre”, explica Sergio Klepacz, médico psiquiatra, autor do livro Equilíbrio hormonal e qualidade de vida (MG Editores). As bebidas alcoólicas representam perigo, já que fornecem muitas calorias e, quando consumidas em excesso, aceleram o processo de envelhecimento.

Cardápio que aumenta a energia

Café da manhã

-1 xícara (200 ml) de extrato de soja batido com 10 morangos;
-2 fatias de pão integral e geleia de frutas

Lanche da manhã

-1 copo (250 ml) de suco de limão

Almoço

-1 filé médio de carne, frango ou peixe grelhado;
-4 colheres (sopa) de arroz integral;
-3 colheres (sopa) de grão-de-bico;
-1 prato (sobremesa) de brócolis e abobrinha cozidos;
-1 prato (raso) de salada verde com rúcula, alface, agrião e talos de erva-doce à vontade. Para temperar, use 1 colher (sobremesa) de óleo extravirgem de coco, especiarias ou suco de limão

Sobremesa

-1 maçã

Lanche da tarde

-2 fatias de pão integral;
-1 fatia de queijo branco;
-suco nutritivo feito com 3 colheres (sopa) de extrato de soja, 1 banana, 2 castanhas do Brasil e 200 ml de água gelada

Jantar

-1 prato (fundo) de sopa de legumes sem macarrão;
-1 filé pequeno de carne, frango ou peixe, grelhado ou assado;
salada verde.

Ceia

-1 copo (200 ml) de iogurte desnatado com 1 colher (chá) de farinha de linhaça

Revista VivaSaúde Ed. 87



COMENTE!