assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Como usar o óleo de abacate

Publicado em 09 de Feb de 2017 por Kelly Miyazato | Comente!

Se a sua programação inclui ir para a cozinha hoje criar pratos deliciosos e saudáveis... O que acha de usar o óleo de abacate para preparar a comida? Embora haja a semelhança com o azeite de oliva, especialistas comentam que vale a substituição. Saiba como!



 

Veja as dicas de como usar o óleo de abacate

Você sabia? “Para que o óleo seja considerado extravirgem, o abacate deve passar por processos físicos como a extração por centrifugação da polpa úmida e depois pela filtragem tripla, tendo como resultado um azeite com a cor uniforme sabor e aromas agradáveis”, explica Karine Brebal, nutricionista (AL)... Apesar de ser possível fazer o óleo em casa, os especialistas orientam o consumo do produto industrializado, que é capaz de garantir a preservação de seus nutrientes.

Com relação ao sabor, assemelha-se muito ao azeite de oliva, por ser extraído da polpa dos frutos e pela similaridade de suas propriedades nutricionais e composição de ácidos graxos predominando o ácido oleico. “Na Europa diversos países utilizam o óleo de abacate na culinária sendo muito apreciado”, diz o nutrólogo Edson Credidio (SP).

Mas há outra semelhança entre o azeite e o óleo de abacate: ele pode ser usado em saladas, sopas, pães, para cozinhar ou fritar alimentos, entre outros. Apesar de o preço ser um pouco mais alto do que o azeite de oliva, o óleo de abacate é uma boa opção não só por seus nutrientes, mas também pela possibilidade de conferir novo sabor a pratos consumidos diariamente. Mas os especialistas concordam: “óleo de oliva e de abacate são dois produtos diferentes. Mas as propriedades do último valem a substituição”, finaliza a nutricionista Karine.

 

*Por Fernanada de Almeida | Foto Danilo Tanaka | Produção Janaina Resende | Adaptação Kelly Miyazzato.

 

Revista VivaSaúde | Edição 115

Assine já e garanta 6 meses grátis de outro título

 

 

 

 

 



COMENTE!