assine

Newsletter

Receba as novidades, cadastre-se

Estresse e alimentação: saiba como controlar essa relação

Publicado em 11 de Jul de 2018 por Redação | Comente!

Quando você está estressado costuma descontar na comida? Fizemos uma lista de como lidar com essa situação, confira!



Estresse e alimentação

Estresse e alimentação parecem não se dar bem. Algumas pessoas, quando estão muito estressadas, descontam na comida e acabam relatando problemas de compulsão. De acordo a Associação Internacional de Gerenciamento de Estresse (ISMA), o Brasil é o segundo país com o maior nível de estresse do mundo, onde 70% da população brasileira sofre com ele de alguma maneira.

Se você tem problemas com o estresse e alimentação, separamos algumas dicas em conjunto com a Carolina Pimentel, nutricionista da Herbalife Nutrition. Veja abaixo!

1.            Beba bastante água

Beber água é essencial para o bom funcionamento do organismo. Ela ajuda a diminuir o apetite e a compulsão alimentar causada pelo estresse. Você também pode beber chás, que ajudam na hidratação e no relaxamento do corpo.

2.            Tenha uma rotina

Não precisa pensar até nos segundos certos para comer, mas é necessário que você fique atento a sua fome. Além de fornecer a quantidade necessária de energia para o corpo se manter ativo durante o dia todo, a boa alimentação acelera o metabolismo, contribui para o bom funcionamento da mente e para o controle das emoções.

3.            Refeições leves

Quando estamos muito estressados, tendemos a sair da rotina e não prestar atenção na qualidade ou valor nutricional dos alimentos. Por isso, escolha pratos mais leves, como saladas e carnes magras, e opte por grãos integrais.

4.            Tenha lanches saudáveis

Para evitar a compulsão, tenha por perto lanches rápidos e saudáveis. Frutas, barras de proteína e castanhas são uma ótima pedida.

5.            Ômega 3 na alimentação

O ômega 3 ajuda a diminuir a ansiedade e a reduzir os níveis de cortisol e noradrenalina (desencadeadores do estresse). Além disso, ele aumenta as ligações de dopamina (neurotransmissor do prazer), melhorando a tolerância ao estresse.

 

*Por Isis Fonseca | Fonte Carolina Pimentel, nutricionista Ph.D em ciência da nutrição e membro do Conselho Consultivo de Nutrição da Herbalife Nutrition | Foto Shutterstock

 

Assine a VivaSaúde



COMENTE!